zoom compra buscape

Zoom compra Buscapé e poderá gerar R$ 5 bilhões em vendas neste ano

Mais um negócio bilionário no mundo da tecnologia. Neste último dia 14 de maio o comparador de preços Zoom realizou a compra de outro “comparador” de produtos famoso da internet o Buscapé.

A aquisição na verdade foi da empresa Naspers, onde também está incluso as marcas QueBarato, Modait e Bondfaro.

Porém apesar do negócio já estar fechado entre as empresas, pelo tamanho da magnitude e influencia no mercado, a compra precisa ser aprovada pelo Cade. A estimativa é que até o próximo semestre, de preferência antes do Black Friday 2019, as negociações estejam concluídas.

Volume de vendas

Nós da Encript admiramos quando negócios envolvendo tecnologia chegam a um patamar como este. Neste caso a estimativa é que o volume de vendas através dos portais atinjam cerca de R$ 5 bilhões, tudo isso a partir de mais de dois mil lojistas parceiros.

Com esta aquisição do Buscapé o Zoom afirma o compromisso de ser um grande parceiro e gerador de vendas para empresários do varejo nacional. O volume de usuários mensais deverá chegar em 30 milhões, ou seja, 30 milhões de brasileiros comprando seus produtos de forma consciente.

Naspers

A empresa de investimentos na área de tecnologia estava buscando um comprador para o Buscapé desde o ano passado. Esta é a segunda tentativa do grupo em vender o seu ativo, onde a primeira ocorreu em 2015 quando os valores de US$ 342 milhões acabaram assustando os interessados, colocando um fim na sondagem para a aquisição.

Os valores desta negociação não foram divulgados, mas acredita-se que estão abaixo dos US$ 300 milhões, pois nos últimos anos em decorrência da crise financeira no país, o Buscapé acabou registrando um prejuízo próximo dos 40 milhões de reais.

No último ano a Nielsen, empresa com sede em Nova York acabou adquirindo o Ebit, consultoria que classifica os ecommerce do Brasil, dando um selo de confiabilidade através de depoimentos de compradores que tiveram experiências com as tais.

O Ebit pertencia ao Buscapé e a sua venda ocorreu na tentativa de obter recursos para mudar o atual modelo de negócios, criando uma concorrência a altura para o MercadoLivre. Mas a mudança para o ramo de marketplace, não interessou a Naspers, o que acabou contribuindo para parte dos prejuízos.

A Naspers mesmo após a conclusão da venda do Buscapé, continuará forte no Brasil, pois conta com opções de investimentos em empresas como o iFood, PayU e o OLX.

Zoom

O Zoom é uma empresa fundada em 2010 que chegou com o objetivo de criar uma concorrência ao Buscapé, cadastrando diversas lojas de confiança para intermediar vendas garantidas para o consumidor.

Ele ficou famoso principalmente após lançar o acompanhamento de preços ao longo do ano durante a Black Friday. Assim o consumidor poderia saber o que realmente era promoção e o que não passava de uma black fraude.

Hoje a empresa conta com mais de 300 lojas parceiras e mais de 2 milhões de produtos cadastrados e devidamente detalhados.

A fusão das empresas poderá gerar um mercado ainda mais confiável de vendas online, garantindo que o consumidor seja tratado com respeito.

Aguardamos as cenas dos próximos capítulos dos avanços tecnológicos !