Segurança da informação: um dos maiores desafios da governança em TI

De acordo com a gigante norte-americana de segurança McAfee, o ano de 2015 finalizou como recordista em ataques cibernéticos em todo mundo. Essa previsão é uma preocupação que não para de crescer dentre os profissionais de governança de TI: a segurança da informação.

Segurança da informação em TI é cada vez mais complexa

Houve um tempo em que a equipe de TI conseguia um percentual elevado de “blindagem” dos dados corporativos com muita facilidade. Esse tempo parece muito distante se olharmos o quanto a Tecnologia da Informação se modificou nos últimos anos, especialmente nas empresas que passaram a utilizar soluções em nuvem (Cloud Computing), a adotar cada vez mais dispositivos móveis e integrar sua malha de sistemas com diferentes filiais, parceiros de negócios, fornecedores e até clientes.

Nesse cenário, os profissionais de tecnologia enfrentam ainda mais desafios. Eles agora têm de lidar com novos costumes, como o BYOD (Bring Your Own Device), modelo de trabalho em que os próprios usuários trazem seus aparelhos (notebooks, tablets, smartphones) para operar os sistemas da empresa, utilizando soluções que até então ficavam sob proteção do espaço físico do escritório e agora estão disponíveis na nuvem, podendo ser acessadas pelas pessoas autorizadas em qualquer hora e em qualquer lugar em que haja uma conexão com a internet.

A conscientização dos colaboradores se torna fundamental

O maior ataque sofrido por uma empresa até o momento vitimou nada menos do que uma das maiores corporações do show business mundial. No final de novembro de 2014, a gigante Sony Pictures teve inúmeras das suas informações confidenciais danificadas e divulgadas na internet. Como uma empresa desse porte conseguiu ser tão vulnerável? Algum tempo depois, o departamento de TI divulgou a informação de que um dos principais fatores foi o descuido de alguns de seus colaboradores. O e-mail corporativo, acredita a empresa, foi uma das principais portas de entrada para softwares mal-intencionados se instalarem nos sistemas para que os hackers roubassem as informações.

Podemos concluir que os profissionais de TI têm em suas mãos a responsabilidade de gerir um ecossistema complexo e em constante transformação. Por isso, devem ficar atentos e cada vez mais preparados para as novas ameaças que estão surgindo e se multiplicando rapidamente. Além dos conhecimentos técnicos, é preciso assumir uma postura mais proativa, antecipando-se aos riscos e propondo soluções em segurança da informação em TI que tragam mais envergadura tecnológica e blindagem contra as ameaças.

Como andam os cuidados com a segurança da informação na sua empresa?

Você também pode se interessar por esse artigo: Por que investir em Políticas de Segurança da Informação? 

Quer saber como a Encript pode ajudar ainda mais no crescimento do seu negócio? Clique aqui e entre em contato.

 

 

 

Post a Comment