mudancas provenientes da computacao nuvem

Quais são as principais mudanças provenientes da computação na nuvem?

Primeiramente precisamos ter em mente que a Computação em Nuvem não veio somente para diminuir os custos de operação na TI ou diminuir a quantidade de investimentos na área de tecnologia de sua empresa. O Cloud Computing veio para trazer um impacto muito mais profundo para inúmeras áreas que envolvem tecnologia.

Por isso, resolvemos criar este artigo para falar um pouco mais sobre quais são as principais mudanças provenientes da computação na nuvem, além é claro da grande economia de custos com relação a servidores, licenciamentos, banco de dados e outros assuntos que já comentamos aqui na Encript.

Tudo sobre Cloud Computing

Principais mudanças provenientes do Cloud para a TI

Entre algumas das principais mudanças estão:

  • Perfil de qualificação do pessoal especializado em TI
  • Mudança na produção e entrega de serviços
  • Mudança nas práticas de marketing

Por mais que boa parte do conceito de Computação na Nuvem presente hoje no mercado esteja voltado para a área de infraestrutura, é preciso também saber das mudanças que ela “desencadeia” no perfil de qualificação do pessoal especializado em TI.

Atualmente os profissionais de tecnologia, precisam se adaptar as mudanças de mercado e entender como funcionam os negócios de sua empresa. Além disso ele precisa ter uma ótima visão de melhorias para poder aplicar as necessidades em serviços considerados adequados, rápidos, econômicos e principalmente com um alto grau de segurança.

É imprescindível que os profissionais de TI se qualifiquem para acompanhar as mudanças e não percam as suas funções no mercado de trabalho. Empresas que prestam serviços com profissionais, devem investir em cursos para que todas as novas soluções de cloud possam estar em dia na mente dos funcionários. Atualmente o TI está se tornando também um homem de negócios, pois é preciso além de entender de tecnologia, também poder conversar com os empresários sobre áreas de produção, marketing, investimentos em negócios e outras áreas que o Cloud Computing está mudando o foco de conhecimentos e investimentos que antes eram voltados mais para software e hardware.


O segundo tópico que queremos falar neste artigo é com relação a mudança na produção e também na entrega dos serviços. O cloud computing vem mudando também o ciclo “tradicional” de transferências, vendas, linhas de produção e outros. Nos modelos mais atuais, o consumidor pode alugar diversos serviços e produtos e utiliza-los apenas enquanto eles forem úteis para si. Assim que alguns produtos deixam de agregar valor à sua vida, o mesmo pode ser finalizado, sem acúmulos e gastos permanentes. Nestes novos casos a pós venda passa a ser ainda mais importante do que a pré venda, pois é preciso que o consumidor goste do serviço oferecido para que ele possa dar continuidade no contrato.

A atual economia digital está se tornando cada vez maior e se estabilizando de uma forma muito rápida, onde quem não se adaptar, irá perder muito poder de mercado. A integração da empresa com a rede de clientes e usuários é muito maior com o crescente uso de serviços em nuvem. Praticamente todos os negócios, estão se tornando em negócios de Tecnologia da Informação (TI). Pense, por exemplo, você chega em uma lanchonete, o garçom chega com seu tablet e “anota” o seu pedido com apenas alguns toques na tela, o pedido vai automaticamente a cozinha, os valores são calculados e todo o procedimento vai para a área de finanças da empresa na nuvem.

Não importa se o modelo de negócio é “antigo” ou atual, boa parte hoje só é possível e viável através do uso de tecnologia. Conforme ela avança, os negócios e tarefas são executados com estratégias mais “críticas” e detalhadas, sendo fundamental o conhecimento na área para que as organizações possam avançar.


E por fim queremos falar também um pouco de como a Computação na Nuvem vem mudando a forma como é praticada o marketing nas empresas. Hoje tudo está interligado, e existe um termo que descreve esta ligação, chamado de “Internet das Coisas”. Tudo passa a estar conectado e qualquer dispositivo eletrônico pode armazenar informações na rede e ser estimulado por ela.

O marketing tradicional vem sendo substituído aos poucos através dos avanços em Cloud, para o chamado Marketing das Coisas. Este marketing vem integrando cada vez mais as pessoas através das redes sociais e outros mecanismos que armazenam dados pessoais, preferências, localizações e outros fatores, onde é possível criar uma área de publicidade diretamente focada nas preferências dos usuários. Por exemplo, um cliente gosta de carros e boa parte de suas pesquisas e informações são condizentes com este nicho. O marketing neste caso deverá ser focado com base nas preferências, afinal seria uma “perca de tempo” elaborar uma publicidade focada em barcos e apresentar para um apaixonado por carros.

Com o Cloud Computing podemos criar uma base capaz de capturar diversas preferências de mercado, todas coletadas de forma automática e salva em uma base de dados online, desde que com políticas transparentes, e com autorização prévia, diferente das vividas ultimamente pelo Facebook, na qual criou um alerta sobre a coleta de dados no mundo todo e muitas plataformas tiveram que atualizar as políticas de privacidade.

Os custos desta operação tendem a ser muito mais baixos do que o marketing tradicional pois não é necessário toda aquela “pesquisa de campo” para definir qual é o perfil do usuário na rede.

Questões econômicas

É claro que a computação na nuvem veio para que grandes empresas tomem para si as “dores de cabeça” de um servidor que até poucos anos atrás era de responsabilidade de empresas “menores”. Isso gera uma economia não só em hardwares e softwares, mas também de tempo e investimentos em áreas que hoje se tornaram obsoletas.

Esperamos que este artigo seja o primeiro passo para abrir os seus olhos para o infinito horizonte que a Computação na Nuvem está trazendo para o novo mercado tecnológico.