baidu inteligencia artificial vale silicio

Baidu entra em consórcio de inteligência artificial com a Google

Estamos avançando muito com relação ao conceito de inteligência artificial e o Vale do Silício está cheio de gigantescas empresas dispostas a investir bilhões para que a tecnologia seja cada vez mais promissora. E entre estas gigantes estão a Google, juntamente com o Facebook, IBM e a Apple.

Mas recentemente para a surpresa do mundo business, uma gigante chinesa que é inclusive concorrente do Google, em meio a toda a crise econômica e política entre os Estados Unidos e China, resolveu investir e participar de uma aliança no Vale do Silício sobre Inteligência Artificial. Estamos falando do maior buscador online chinês, o Baidu.

Esta aliança é uma parceria que foi criada pelas gigantes da tecnologia ainda em 2016, conhecida como Parceria em Inteligência Artificial (PAI). O principal objetivo deste grupo além de investir nas pesquisas é diminuir todas as tensões sociais criadas sobre o conceito, bem como desenvolver as melhores práticas de uso e toda ética que acaba envolvendo a sua aplicação.

A inclusão do Baidu na parceria PAI

O interesse do buscador chinês Baidu nesta parceria é muito importante para que ele realmente se torne Global, afinal boa parte das grandes operações e investidores estão focados somente no ocidente.

Em 2017 o Baidu foi nomeado pelo Ministério da Indústria da China como uma das campeãs nacionais em Inteligência Artificial. Isso porque a China tem um plano de transformar o mercado doméstico de IA em algo avaliado em US$ 150 bilhões já nos próximos anos. São vários interesses mútuos na tecnologia e estar a par de todas as novidades acabou incentivando a ida do Baidu para o Vale do Silício.

Servidores locais x Servidores Cloud!

Entre os investimentos já realizados pela Baidu em IA, os destaques ficam para os carros autônomos que já estão circulando em algumas áreas dedicadas à testes no país. Entre os projetos está o Apollo, um sistema de direção autônoma que vem sendo trabalhado em conjunto com as montadoras BMW e Ford.

Segundo entrevistas concedidas por ‎Robin Li, presidente da Baidu, a Inteligência Artificial é a nova eletricidade, onde a tecnologia será capaz de mudar toda a sociedade, desde as grandes indústrias, até mesmo o simples caminhar de um cidadão pelas ruas de seu bairro.

Principais receios com relação a IA

Apesar das grandes empresas sempre focarem os seus esforços para que a tecnologia de Inteligência Artificial seja usada somente para o bem, há diversos receios e mitos sobre este avanço tecnológico. Há um medo real de que as máquinas acabem se tornando ainda mais inteligentes que os próprios homens, dos quais iriam acabar perdendo o poder sobre os robôs.

Essa evolução é temida inclusive por Elon Musk o fundador da Space X e Tesla Motors. Outros temores são com relação ao uso de IA por terroristas e criminosos em diferentes regiões do mundo.

Mas a certeza que temos é que esta tecnologia irá evoluir a todo custo e em breve teremos carros autônomos circulando pelo mundo, casas conectadas a grande rede e realizando atividades necessárias para o dia a dia, entre outras aplicações, tudo de maneira eficaz e sem falhas.