seguranca empresas android p camera

Android P – Segurança contra espionagem dos dispositivos de empresas

Atualmente uma das preocupações mais debatidas pelas gigantes de tecnologia é com relação a segurança dos usuários, principalmente no caso de espionagem através dos dispositivos com câmeras, como é o caso dos tablets e smartphones, onde pessoas mal intencionadas acabam executando aplicativos ocultos, que expõe a visão da câmera e dos microfones, podendo trazer sérias consequências para empresas e usuários.

E é pensando nesta segurança contra espionagem através dos dispositivos localizados em empresas e residências que a próxima versão do Android, que será chamada de Android P ou Pineapple Cake, está baseando o seu desenvolvimento.

Uma das novidades é com relação a um recurso para impedir que aplicativos em segundo plano possam ter acesso a câmera ou microfone. Este recurso irá adicionar uma camada extra de segurança, bloqueando a possibilidade de aplicativos, mesmo que verificados pela Play Secury, área da Google Play responsável por monitorar cada um dos aplicativos ‘upados’ na plataforma, de realizarem ações de espionagem.

seguranca empresas android p camera

O Android P ainda não foi finalizado, mas a descoberta desta novidade para proteção de aparelhos usados em empresas, veio por conta da comunidade de desenvolvedores chamada de XDA-Developers, que através de uma análise do sistema operacional no dia 19 de fevereiro de 2018, no Android Open Source Project (AOSP), confirmou a ferramenta.

Por outro lado, a própria Google ainda não confirmou a informação, visto que o Android P/Android 9 só será anunciado oficialmente no mês de maio de 2018 através do evento Google I/O.

Como irá funcionar esta proteção contra espionagem?

Segundo os desenvolvedores, a proteção irá funcionar através de um recurso de ID do usuário e do UID dos aplicativos, onde o sistema atribui um código para cada aplicativo no momento da instalação e que não podem ser mais alterados após a finalização da mesma. Esse código permanece relacionado ao aplicativo enquanto ele esteja instalado no aparelho, mantendo o mesmo ID.

Quando o sistema identificar um UID ocioso, irá gerar um erro que irá finalizar o acesso a câmera e outros aplicativos. Isso irá acontecer mesmo que o dono do aparelho tenha realizado uma permissão em outros acessos.

Atualmente o acesso a câmera por aplicativos em segundo plano já está ultrapassado na plataforma Android, e por isso a importância de uma grande atualização no sistema, principalmente porque as falhas vem sendo constantes, mesmo que não percebidas pelos donos de smartphones.

O vazamento de informações das empresas

Os aparelhos que contam com sistema Android, pelo menos no Brasil, são a grande maioria. E a preocupação com a segurança é um dos fatores mais primordiais nos dias de hoje. Já imaginou você estar discutindo informações confidenciais em uma reunião na sua empresa e alguém mal intencionado acaba vazando essas informações através do uso de aplicativos que realizam o controle da câmera ou do microfone de seu aparelho que está em cima da mesa ou até mesmo guardado em seu bolso?

É para evitar ações como estas que as grandes plataformas estão trabalhando duro para deixar os sistemas cada vez mais seguros, e que não seja necessário você ter que desligar os aparelhos todas as vezes que precisa realizar conversas importantes no ambiente de trabalho.

Alguns dos outros recursos do novo Android P

Ainda não foram divulgadas oficialmente as novidades do Android 9, como já citamos, mas a comunidade de desenvolvedores, que fez uma varredura no código aberto do sistema, também relatou que as operadoras poderão esconder a força do sinal, onde elas poderão definir como serão exibidos na tela. A princípio esta novidade parece ser mais interessante para as operadoras de telefonia do que para o consumidor.

Outros rumores das novidades estão ligados ao suporte do sistema a aparelhos com telas dobráveis e múltiplas telas e também um aplicativo nativo (que já vem no sistema) para a gravação de chamadas, que por sinal é um recurso bem interessante e com poucas opções (que funcionam de verdade) na loja de aplicativos.

E você sente-se seguro quanto aos aparelhos de sua empresa? Gostou desta novidade? Deixe seus comentários.